sexta-feira, 29 de abril de 2011

HOJE É SEXTA FEIRA, DIA DE SABER QUEM É O CANTOR.

Com a música “Cadeira de Rodas”, gravada em 1975, Fernando Mendes atingiu o ápice de sua carreira.
A canção que fazia parte de seu terceiro LP vendeu mais de 250 mil cópias e lhe rendeu diversos prêmios, entre eles discos de ouro.



Mineiro de Conselheiro Pena, Luiz Fernando Mendes Ferreira, seu nome de batismo, apresentou-se pela primeira vez na televisão no programa do Chacrinha, logo após gravar ‘A desconhecida’, música que estava presente num compacto simples, lançado em1972.

A partir daí sua carreira deslanchou. O cantor e compositor passou a figurar nas paradas e fez sucesso em outros países. Em seu primeiro LP, gravou ‘Recordações’ e num compacto-duplo, ‘Caminho incerto’.

Em 74, o artista repetia o êxito com ‘Ontem, hoje, amanhã’, e dois anos depois, com ‘A menina da calçada’ e ‘Sorte tem quem acredita nela’, tema da novela ‘Duas Vidas’.

Fernando Mendes gravou também músicas de outros artistas consagrados como Caetano Veloso, Dorival Caymmi, Vinícius de Moraes e Ednardo.

Em homenagem para o movimento da Jovem Guarda, regravou no final dos anos 70, ‘Festa de arromba’.

No ano de 78, o sexto LP contou com a participação especial de Luiz Gonzaga em ‘Baiao collection’.

Um ano mais tarde, recebeu os prêmios Villa Lobos e da ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Discos) pela composição ‘Você não me ensinou a te esquecer’, que impulsionou as vendas d0 LP de mesmo nome, tornando-se o mais vendido naquele ano.

O artista também foi alvo da censura, em 74, ao gravar ‘Meu pequeno amigo’, referência ao caso do sequestro do menino Carlinhos.

Ao todo, Fernando Mendes lançou mais de 25 LPs, sendo seis coletâneas, cerca de 20 CDs e um DVD.

Um comentário:

Prof. L.C.Sax disse...

Parabéns pelo belíssimo quadro, amigo Castelo. Uma valorização a mais para a nossa cultura musical. Parabéns pelo magnífico conteúdo do blog.